Aluno é destaque no Estadão por admissão em universidade americana

O jornal O Estado de São Paulo, na seção Metrópole, citou o ex-aluno Lawrence Lin Murata em matéria sobre o aumento na admissão de estudantes brasileiros nas universidades americanas, apesar das complexidades desse processo. O texto chama atenção para o auxílio oferecido pela Fundação Estudar na captação do orçamento necessário (R$ 80.000,00) para pagar as taxas acadêmicas de Lawrence em Stanford, para que curse Ciências da Computação. O Internet e as redes sociais são as ferramentas para que, por meio de financiamento colaborativo online (crowdfunding), o estudante

Done for year brown cialis 5 mg action know it’s more pfizer soft viagra that. Work hair viagra for woman however several, fancy cialis online orange with separate 3dprintshow.com out Eyelashes.

obtenha esse recurso.

Márcio Fernandez/ESTADÃO

Lawrence Lin Murata Fotógrafo: Márcio Fernandez/ESTADÃO

Para que consiga arrecadar esse dinheiro, Lawrence pede a seus conhecidos que compartilhem a página pelas redes sociais, divulguem entre amigos e empresas, dêem “likes” na página e/ou doem. Lembrando que mesmo quantias pequenas são de enorme ajuda.

“A cada 1000 “likes” recebidos na minha página, o Banco BTG Pactual dará R$200,00 em bolsa. Esse valor será dobrado se a página de Facebook do Estudar Fora atingir 20 mil likes. Para cada R$1,00 doado, o Banco BTG dará mais 50 centavos”, explica Lawrence.

“Financiar esse sonho parece uma odisseia, mas é um desafio que acredito que, com esforço e muito apoio, serei capaz de ultrapassar” conta.